Motoristas sofreram 10,6 milhões de multas de trânsito em 2014 em SP

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

6/01/2015 06h07 – Atualizado em 16/01/2015 15h21

Motoristas sofreram 10,6 milhões de multas de trânsito em 2014 em SP

Número é 4,5% maior do que o registrado em 2013.
Excesso de velocidade continua sendo o principal motivo das infrações.

Márcio Pinho Do G1 São Paulo

Radar de trânsito em operação em pista do sentido oeste da Marginal Tietê, na capital paulista (Foto: Nilton Fukuda/Estadão Conteúdo)Radar de trânsito em operação em pista do sentido oeste da Marginal Tietê, na capital paulista (Foto: Arquivo/Nilton Fukuda/Estadão Conteúdo)

O número de multas de trânsito cresceu 4,5% em São Paulo em 2014 e chegou a 10.608.695 milhões, segundo balanço divulgado pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Trata-se de um novo recorde para a cidade – em 2013, tinham sido 10,1 milhões de infrações. (Veja abaixo os motivos que geraram mais multas em 2014)

O aumento ocorreu apesar de a Prefeitura deixar de multar por falta de inspeção veicular, já que o programa foi suspenso em fevereiro de 2014. Caso esse quesito fosse excluído da comparação, o aumento total de multas na cidade no último ano teria sido de 7%.

Motivo da infração Multas em 2013 Multas em 2014
Rodízio 2.177.038 1.989.444
Velocidade 3.149.729 3.137.072
Estacionamento irregular 999.464 1.095.798
Telefone celular 372.726 382.803
Avançar semáforo 179.307 182.544
Cinto de segurança 378.880 280.345
Transitar na faixa exclusiva / corredores 713.548 1.209.571

As multas por excesso de velocidade continuaram sendo as campeãs em São Paulo. Foram 3,1 milhões, praticamente o mesmo número registrado em 2013.

O aumento mais expressivo em 2014 foi em relação às multas para quem transitou em faixas exclusivas e corredores de ônibus. Nesse quesito, a cidade teve 1,2 milhão de infrações, 69,5% a mais do que as 713,5 mil multas de 2013.

O aumento está ligado à ampliação das faixas exclusivas, aquelas localizadas à direita e que privilegiam os ônibus, permitindo o tráfego de carros apenas para o acesso a outras ruas. Segundo a SPTrans, a cidade tem hoje 459,7 km de faixas exclusivas, das quais 369,7 km foram implantadas nos últimos dois anos. A criação das faixas é uma das principais apostas da gestão de Fernando Haddad (PT) para a melhoria da mobilidade na capital.

Outro tipo de serviço que ganhou destaque foi a criação de ciclovias e ciclofaixas. Isso acompanhou o número de multas. De janeiro a dezembro de 2014, foram aplicadas 24.981 autuações que dizem respeito à proteção ao ciclista. No mesmo período de 2013, tinham sido 14.973 multas.

Arrecadação
Segundo a Secretaria Municipal de Transportes (SMT), a arrecadação com multas de trânsito em 2014 foi de R$ 852,6 milhões, pouco mais do que os R$ 850,5 milhões arrecadados em 2013.

Do total arrecadado, 5% são destinados ao Fundo Nacional de Segurança e Educação de Trânsito (Funset). O restante é aplicado em melhorias no trânsito, fiscalização e programas de educação de trânsito, de acordo com determinação da Lei nº 14.488/05, que criou o Fundo Municipal de Desenvolvimento de Trânsito (FMDT).

Radares
Segundo a CET, os registros de multas não sofreram influência da mudança no sistema de radares que a Prefeitura de São Paulo vem implementando. O número de radares em 2014 se manteve praticamente igual ao de 2013 – há em média 560 equipamentos na capital.

Em março do ano passado, a prefeitura contratou o novo sistema de radares da cidade, que prevê um aumento no total de aparelhos para 843. A instalação já começou, mas só deve ser concluída neste ano.

Os números de multas divulgados pela CET consideram as infrações anotadas pela companhia e também por policiais do Comando de Policiamento de Trânsito, São Paulo (CPTRAN) e agentes da SPTrans, que atuam em fiscalização de faixas e corredores de ônibus.

Frota
O crescimento de 4,5% nas multas é proporcional ao aumento da frota da capital em 2014, que foi de 4%. Em dezembro do último ano, a capital já tinha 7,8 milhões de veículos, segundo o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-SP).

as_dez_mais

Fonte: http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2015/01/motoristas-sofreram-106-milhoes-de-multas-de-transito-em-2014-em-sp.html